Flertar é trair?


Paquera1.jpg

"Curiosamente banalizou-se o uso da palavra traição, associada somente ao contato físico sexual. Essa é apenas uma das formas de trair."

Mais do que uma questão conceitual, trair ou traição é um evento que envolve a formação da personalidade e o caráter de determinada pessoa. Afinal, estamos falando de um comportamento que é reflexo do que falo, prego e acredito; e se por qualquer motivo não for coerente, entra-se no terreno da traição. Ou seja, se eu acredito que num relacionamento é fundamental preservar a confiança, a transparência e a honestidade, como posso enganar a pessoa com quem estou ou escolhi viver, flertando com outra?

Flertar alguém mantendo uma vida em comum, ou mesmo um namoro, é uma forma de traição. No mínimo dedica-se atenção que pode não ser de amor, apenas atração, mas que tira energia que poderia ser dedicada àquela que está sendo enganada.

Mesmo que fique apenas no flerte ou na paquera e não evolua para o sexo não deixa de caracterizar uma traição, não se pode ser leviano ou inconsequente de achar que trair a confiança, ou mesmo distorcer conceitos, amenizará a gravidade da situação. Afinal, em todo relacionamento em que há o comprometimento entre as partes, esse comportamento de trair é desastroso.

Nada justifica esse comportamento, por mais que se queira encontrar motivos como: brigas, falta de atração, ou mesmo um distanciamento entre ambos por qualquer motivo (gravidez, filhos, falta de diálogo etc). Enfim, seja pelo que for, sempre deve-se resolver o problema entre ambos e não criar subterfúgios, como procurar outra pessoa para tentar resolver algum conflito entre o casal.

Muito tem se discutido sobre flerte, paquera, ficar e contatos ou mesmo relações virtuais, serem ou não traição. A meu ver SIM, são todas situações de traição, quando envolve enganar o par, ou envolver-se com outra pessoa sem o conhecimento do mesmo, caso esteja acordado um formato de relacionamento onde exista fidelidade ou exclusividade. Como pode-se considerar que não seja um comportamento de trair? Impossível!

Além disso, em 25 anos de experiência profissional não conhecemos nenhum caso em que essa situação trouxesse benefícios ou ajudasse a resolver questões entre o casal. Pelo contrário, sempre traz ainda mais dificuldades e conflitos. Portanto, antes de agir contra si mesmo e o próprio relacionamento, pense e avalie se vale mesmo a pena.

Confiança, transparência e integridade uma vez abalados, é extremamente difícil de serem recuperados, não impossível, porém bastante difícil mesmo, pois dependerá de muita dedicação, empenho e paciência, e que, mesmo assim, pode ou não dar certo.

Dentro de um relacionamento a dois, onde haja comprometimento, não cabe medo, insegurança ou desconfiança. Portanto, preserve ao máximo a transparência e a honestidade.

Pense, reflita e leve em conta o valor dos seus sentimentos e do seu relacionamento antes de qualquer possibilidade de trair. Alicerces uma vez abalados podem não ser recuperados. Lembre-se disso, sempre!
 
por Eduardo Yabusaki

Publicado originalmente em:   http://www2.uol.com.br/vyaestelar/flertar_trair.htm